Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



31
Dez13

...

"Estava a chover, torrencialmente e frio
Queria calor, uma cama, tranquilidade e companhia
E sem pensar vi lá musa, acendeu-se o pavio
Tinha tarte de maçã em casa, convidei-a para uma fatia

 

Conversa puxa conversa, abrigados, lá viemos a falar
Falou de música, da noite, dos gostos dela
Já tinha percebido tudo, era só chegar a casa e ... continuar
Tranquilo, ninguém em casa, momento ideal para acender a vela

 

Fatia puxa fatia, a sobremesa esperava, estava guardada
"Tenho aquecedor no quarto" disse eu, reponde "prefiro-te a ti"
Espectacular resposta, afinal era calada mas safada
Quarto já quente, cama desfeita, "sê gentil" foi o que ouvi

 

Levanto-me, computador ligado, colunas no máximo, siga a playlist
Pensei nas mil e uma posições de tranquilidade, foi seguir a rotina
Casaco já no chão, silhueta bela, de onde é que tu surgiste?
Não estava à espera dela, mas confesso, saiu uma bela menina

 

Calma e sensualidade acima de tudo, a temperatura subia

Preliminares são calmos, siga deixa-la ler as instruções
Surge de piercing nos mamilos, era a verdadeira lotaria
Desço lá abaixo, percorro o peito, passo às fortes emoções

 

No chão deitava-se a casca de uma pássara fenomenal
Na cama uma jovem em contorções de prazer
"Esquece o gentil, quero que seja brutal, descomunal"
Sorrio de felicidade, mudou o plano, mas agora há que o fazer

 

Sigo acima, no oceano já tinha entrado, levanto-a de relance
Em pé, para começar uma boa dose de sexo de maratona
Unhas com três cores pintadas ligadas com boa nuance
Sentada na secretária, siga mostrar-lhe como vai ser marrona

 

Muito suor escorrer, de volta à cama e já dois orgasmos
Uma tigresa fora da jaula, uma fera de corpo despido
Sinto a meta, tanto prazer já traz espasmos
Fervida ajuda no golpe final, Obrigado cupido

 

Acabou, foi o inesperado numa noite de chuva
Seu corpo era uma tela, seu sabor não a maça mas a uva
"Como te chamas" pergunto, afinal nem me lembrava
"Aquilo que quiseres" foi a resposta, mas que brava

 

Seguisse o post sexus, chocolates e um cigarro
Ela rouba-me o tabaco, quer fumar antes um charro
Mas o que é isto penso eu, que descoberta a céu aberto
Não sei se foi das escolhas, mas o que é verdade é o certo
E nessa noite escolhi tentar, foi uma boa escolha
Calor, sexo, prazer e gosto seguiram-se à molha
Ainda bem que saí, ficou gravado e amanha penso nisso
Que no dia anterior fumei um charro depois do reboliço."
~ Rogério "Sex, drugs and rock and roll" Caçarola

Autoria e outros dados (tags, etc)


calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031