Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Escrevo-te isto em caso de estar sóbrio no dia seguinte
Hoje é dia de te escrever, hás-de ler, talvez, talvez te pinte
Escrevo isto com a tua foto ao lado,
Choro, sempre fui aquele primeiro, o no fim mal amado
Aquele que sem querer, conhecendo-te, mudou o seu fado
Um dia, talvez seja aquele irmão, conhecido, namorado
Mas até lá sou só o por bem ou mal humano afamado
Talvez pense, fui aquilo que quiseste que fosse
Mas hoje és a minha sida adormecida, quase uma tosse
Sempre presente mas sem me matar
Sem me fotografar na tua vida, sem me aliar
Com ódio m'olhando, a minha morte a desejar
Me fizeste escrever, algo raro, tenho de te congratular
Mas ler isto é infimamente possível
E seguir o meu projecto emotivo é em nada exequível
Sem chance, seremos preto e branco
Serei para ti o jogador não convocado e sempre no banco
Embriagado a escrever e partilhar tais líricas
Todas elas vindas do coração, um quanto ao quanto satíricas
Mas realidade, fruto do fruto da vida
Preferia não sentir este vazio e ter sida
Ou uma doença qualquer, que não me afetasse diariamente
Porque acredita, ainda hoje, de nós dois, sou eu quem sente"
- Ivanoel para a a sua musa da ria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031